COMO fazer ADUBO NPK caseiro - FÁCIL e BARATO

Em: Blog Mania de Flor Em: Hit: 10083

Obaaa no vídeo de hoje eu vou mostrar como fazer o adubo NPK caseiro, um adubo super simples de fazer e barato, porque utilizamos restos de alimentos que temos em casa.

NPK

Vamos começar entendendo o que é o adubo NPK. São adubos que tem em sua formulação: Nitrogênio (representado pela letra N), Fósforo (representado pela letra P) e Potássio (representado pela letra K), que são os macro nutrientes, ou seja, os nutrientes que as plantas precisam em maior quantidade para se desenvolver.

Esses adubos são produzidos pela indústria com diversas formulações,

por exemplo, o NPK 10-10-10 tem 10 partes nitrogênio, 10 partes de fósforo e 10 partes de potássio, portanto é um adubo de manutenção, porque ele tem partes iguais destes nutrientes. 

O NPK 4-14-8 tem 4 partes de nitrogênio, 14 partes de fósforo e 8 partes de potássio, portanto um adubo indicado para estimular a floração.

Estas fórmulas são desenvolvidas de forma muito precisa e equilibrada e no nosso caso nós iremos fazer um adubo caseiro que não vai ser tão exato nas quantidades de cada nutriente, porém é uma maneira de nutrir nossas plantas com baixo custo e dando um descarte consciente aos restos dos alimentos.

RECEITA

Para oferecer esses nutrientes NPK nós vamos utilizar a borra de café, sem adição de açúcar, que será a fonte de nitrogênio e fósforo; as cascas de banana que serão fonte de potássio; e as cascas de ovos que são fontes de cálcio e fósforo. Também vamos utilizar canela em pó que tem ação fungicida e vários benefícios para as plantas.

Para preparar o adubo nós iremos utilizar:

- 1 litro de água 

- 4 cascas de ovos já lavadas

- 4 cascas de bananas picadas

- 3 colheres de sopa de borra de café

- 1 colher de sopa de canela em pó

 

COMO FAZER

Iremos colocar todos os ingredientes no liquidificador e bater bem até triturar ao máximo os alimentos. O segundo passo é colocar esse líquido numa garrafa que tenha uma capacidade maior do que estamos produzindo, porque este adubo irá fermentar e formar um gás dentro da garrafa, e se nós não deixarmos um espaço para o gás, a garrafa pode estourar.

Lembrando que é necessário lavar bem a garrafa e esterilizar com água quente antes de utilizá-la. Podemos usar garrafa de vidro, ou garrafa pet.

Depois de pronto, precisamos deixar descansando o adubo de 4 a 7 dias para que aconteça a fermentação, e só depois disso podemos usar nosso adubo.

É preciso deixá-lo num local fresco, sem sol e chacoalhar uma vez por dia para misturar bem os ingredientes.

Depois do adubo descansar pelo período que citei, a gente vai coar o líquido e diluir em mais 1 litro de água para poder utilizá-lo.

COMO USAR

Depois do adubo pronto é ideal utilizá-lo até três dias, então se você tem poucas plantas, pode fazer meia receita. Ou você pode armazenar o adubo por até 30 dias dentro da geladeira.

Ele pode ser usado em todas as plantas, incluindo hortas, frutíferas, plantas de vaso ou do jardim, sendo utilizado diretamente no solo, para regar uma vez por mês.

Como é um adubo caseiro, ele não tem uma quantidade exata de uso, então nos vasos maiores coloque uma quantidade maior e nos vasos menores um pouco menos. E como o adubo está bem diluído ele não terá problemas de queimar a sua planta.

Só para suculentas você pode fazer uma diluição maior, para deixá-lo ainda mais fraquinho.

DESVANTAGEM

A desvantagem é não ser um adubo completo ou com proporções equilibradas de cada nutriente. Nós não sabemos quanto tem exatamente de nitrogênio, fósforo e potássio.

Por isso, a solução é intercalar o uso desse adubo orgânico com o uso de outros adubos mais completos como é o caso do Bokashi que eu sempre indico e uso nas minhas plantas, que é uma opção orgânica e que na sua composição tem além do nitrogênio, fósforo e potássio, tem boro, manganês, ferro, zinco, enxofre e por aí vai…

Então você pode fazer o seu adubo caseiro porque ele praticamente não custa nada, e ainda estamos dando um descarte consciente para coisas que iriam para o lixo, mas lembre-se que é importante complementar a nutrição das suas plantas.

Eu espero que esse vídeo tenha te ajudado, ensinando uma receita caseira de adubo.

Se você gostou não esqueça de clicar em curtir e se inscrever no meu canal, nos vemos no próximo vídeo, um beijo e até lá!