SINGÔNIO - COMO CULTIVAR e FAZER MUDAS

Em: Blog Mania de Flor Em: Hit: 7733

Obaaa no vídeo de hoje eu vou te falar sobre uma planta barata, que cresce rápido e produz muitas mudas. Ela pode ser cultivada dentro e fora de casa desde que tenha a luminosidade correta, pode ser plantada diretamente no chão, em vasos ou pode ser cultivada na água.

Essa planta linda e resistente é o singônio, e vou te ensinar a como cultivá-lo e fazer mudas.

O singônio é uma planta perene, nativa das florestas tropicais da América Central, então gosta de calor e de umidade. Existem muitas variedades de singônio e a mais comum é a verde rajada, que se chama Singonio angustatum. 

O singônio é uma planta trepadeira, então se ela tiver um local onde se apoiar, uma árvore, um poste, um tutor, ela irá crescer verticalmente, exatamente como acontece no seu hábitat natural nas florestas.

Porém se cultivarmos o singônio sem um suporte para se apoiar, ele pode ser cultivado como planta pendente com as ramagens soltas ou também plantado no chão como forração.

LUMINOSIDADE

O singônio verde pode ser cultivado em ambientes de sombra com bastante luminosidade natural como é na natureza, abaixo das árvores. e ele também pode ser cultivado a meia sombra, recebendo algumas horinhas de sol fraco todos os dias.

REGA

Em relação a rega os singônios gostam de umidade moderada, então devemos regá-lo sempre que tocar o solo e sentir que ele está levemente seco. Quando for regar, coloque água em toda a superfície, até a água sair pelos furos de drenagem do vaso. Nos dias muito quentes podemos borrifar água nas folhas da planta.

ADUBAÇÃO

Os singônio gostam principalmente de adubos orgânicos, como esterco de animais bem curtido, húmus de minhoca ou bokashi. Lembrando que os estercos podem ser acrescentados ao solo com intervalos bem longos, entre 4 e 5 meses. Já o húmus de minhoca e o bokashi podem ser aplicados alternadamente 1x por mês.

Aplique sempre a quantidade recomendada no rótulo do fabricante e lembre-se, adubos sólidos como estes devem ser colocados misturados ao solo e regados em seguida.

Você também pode usar adubos minerais que sejam ricos em micro e macro nutrientes, estas informações vêm descritas no rótulo da embalagem. Eu tenho usado o Forth Cote por ser um adubo de liberação lenta e que o intervalo entre as aplicações é de 3 meses, então uma opção ideal para quem tem pouco tempo para cuidar das plantinhas.

MUDAS

Para fazer mudas do singônio é muito fácil, pois é só cortar um pedaço do galho e colocar para enraizar na água ou diretamente na terra. Eu aproveito quando vou podar meu singônio e já separo os galhos cortados para fazer mudas.

Como ele é uma trepadeira, vai crescendo e emitindo raízes ao longo do seu caule, então se cortar um pedaço do galho já com as raízes as chances de sucesso dessa muda serão ainda maiores.

Mas caso corte um pedaço do galho sem raízes, certifique-se de enterrar ou deixar em contato com a água pelo menos um nó, que é de onde saíram as raízes. 

Se for fazer as mudas na água, deixe o recipiente na sombra e se preferir plantar direto no substrato pode deixá-lo recebendo algumas horinhas de sol fraco.

CULTIVO NA ÁGUA

Você também pode cultivar o singônio na água em vasos bonitos trazendo um charme especial à decoração da sua casa.

Eu ensinei tudo sobre cultivo na água num vídeo aqui do meu canal e vou deixar o link para você dar uma olhadinha depois: https://youtu.be/4oF2uq6gzRQ

Agora eu quero saber se você já cultiva singônio aí na sua casa e quais as espécies que você já tem. Eu por enquanto, só tenho essas duas, mas desejo ter outras, já que o singônio é uma planta tão fácil de ser cultivada.

Eu espero que você tenha gostado desse vídeo, não esqueça de clicar em curtir e se inscrever no meu canal.

Nos vemos no próximo vídeo, um beijo e até lá!