FICUS LYRATA - COMO CULTIVAR essa ÁRVORE LINDA dentro de CASA

Em: Blog Mania de Flor Em: Hit: 8347

Você já pensou que lindo ter uma árvore dentro de casa, decorando a sala, o quarto ou a varanda? 

Essa planta que se adapta bem em ambientes internos, desde que tenha a luminosidade correta, se chama Ficus Lyrata, e nesse vídeo vou te contar qual o jeito certo de cultivá-lo, como combater as principais pragas e como fazer podas.

LUMINOSIDADE

Se você for cultivar seu Ficus Lyrata em ambiente externo é ideal que você vá colocando-o aos poucos no sol para ele ir se acostumando e não queime. Isto porque nas floriculturas, garden centers e até mesmo nos produtores os Ficus são cultivados em ambientes protegidos do sol. Então primeiro coloque recebendo algumas horas de sol fraco, depois na próxima semana mais algumas horas de sol e assim até que você consiga deixar a planta exposta a sol pleno.

E se você for cultivar seu Ficus dentro de casa escolha um local com bastante luminosidade bem pertinho de uma janela ou porta de vidro que ele receba inclusive algumas horas de sol todos os dias. Quanto mais horas de sol o Ficus receber, mais os galhos ficarão firmes, a planta ficará mais compacta e também mais resistente ao ataque de pragas.

REGAS

Devemos regar nosso Ficus sempre que o solo estiver levemente seco. É importante aguardar essa camada superficial do solo secar antes de regá-lo novamente. E para saber é só tocar o substrato com a ponta dos dedos e sentir a umidade do solo.

Quando for regar, coloque água em abundância hidratando todo o solo até a água sair pelos furos do vaso, por isso opte em cultivar sempre em vasos com furos de drenagem.

DICA EXTRA: se a sua planta está com manchas marrons perto da terra pode ser excesso de água. Se a sua planta está com folhas amarelas ou secas na parte de cima ou nas brotações pode ser falta de água.

PROBLEMA

Você já viu das folhas começarem a ficar com manchas marrom escuro ou preto, geralmente mais na borda das folhas principalmente nas folhas baixas do Ficus? Isso pode ser um problema de podridão de raiz causado por excesso de rega. Neste caso diminua as regas, só regue quando o substrato estiver sequinho, verifique se os furos de drenagem não estão obstruídos impedindo do excesso de água escorrer e aplique, por pelo menos 4 semanas, 01 colher de sopa de bicarbonato de sódio e 01 colher de sopa de canela em pó sobre o substrato. Não precisa regar em seguida, pois estamos tratando um fungo proveniente de excesso de água. Quando as manchas começarem a ficar mais claras é sinal de que o fungo foi combatido. 

PRAGAS

As principais pragas que atacam os Ficus são os pulgões e as cochonilhas (tanto a cochonilha de algodão quanto a cochonilha de carapaça). Para todos estes casos podemos combater usando uma calda de água com detergente neutro e em casos mais severos de infestação podemos utilizar um inseticida próprio para plantas.

Para as cochonilhas de carapaça sugiro utilizar uma escova de dentes velha para fazer a remoção.

Se a planta estiver muito infestada, o óleo de neem é o inseticida natural mais eficaz para combater.

Lembre-se de nunca aplicar nenhum tipo de calda ou inseticida se a planta estiver recebendo sol. Aplique sempre no final do dia e repita a aplicação a cada 4 ou 5 dias até combater completamente a praga.

ADUBAÇÃO

A adubação do Ficus Lyrata pode acontecer 1x por mês com adubo da sua preferência, lembrando de nunca exagerar na dosagem. Alguns produtores recomendam inclusive uma quantidade menor de adubo.

Uma excelente opção é utilizar o Bokashi, que é um adubo orgânico de liberação lenta. E eventualmente fazer a adubação foliar, já que a planta tem uma grande área de folha e irá se favorecer deste adubo.

PODA

É através da poda que conseguimos dar um formato de árvore para o Ficus. Também aproveitamos para fazer mudas das estacas que são cortadas. Do galho que será cortado para baixo é ideal deixar no mínimo 3 folhas, pois se ele ficar sem folhas nesta parte de baixo dificilmente irá rebrotar.

Use uma tesoura de poda limpa e afiada e faça o corte em diagonal para evitar se acumule água. O corte deve ser feito entre os nós e da ponteira deixamos 3 folhas na parte superior e retiramos as folhas para deixar um pezinho limpo da estaca.

Podemos colocar para enraizar na água ou podemos enterrar a estaca diretamente na terra. O ideal é cortar 1/3 do tamanho das folhas para que a estaca desidrate menos. Esse processo pode demorar alguns meses portanto tenha paciência.

Não esqueça de clicar em curtir e se inscrever no meu canal.

Nos vemos no próximo vídeo, um beijo e até lá!