CHEGOU minha ZAMIOCULCA BLACK - APRENDA a CULTIVAR comigo

Em: Blog Mania de Flor Em: Hit: 3127

Eu quero saber se você já tem uma planta com as folhas pretas aí na sua casa, não? Então você precisa de uma Zamioculca black, uma planta que tem as folhas naturalmente pretas e que traz uma cor totalmente inusitada para compor com as outras plantas.

As Zamioculcas são plantas perfeitas para termos dentro de casa, são super fáceis de cultivar e muito indicada para quem esquece de regar, ou não tem muito tempo de cuidar porque o intervalo entre as regas é bem espaçado.

LUMINOSIDADE

As Zamioculcas Black são ótimas para cultivar dentro de casa porque elas gostam de ambientes que tenham luminosidade natural, mas sem sol direto.

REGA

Em relação a rega elas não toleram solos mantidos úmidos, isto porque ela é uma planta suculenta que armazena água nas suas estruturas: folhas, raízes e rizomas que parecem umas batatinhas.

Uma dica aqui é se a sua Zamioculca está com as folhas amarelas na parte de baixo, as folhas estão caindo, ela está se soltando facilmente do substrato ou está com cheiro estranho, é sinal que ela está apodrecendo por excesso de água.

As Zamioculcas só devem ser regadas quando o solo estiver bem sequinho. Toque bem com a ponta dos dedos para sentir a umidade até nas camadas mais profundas do solo e só regue se ele estiver bem seco. Aí você pode regar em abundância até a água sair pelos furos de drenagem.

SUBSTRATO

Agora deixa eu te falar uma coisa, se a gente não utilizar o substrato correto, que tenha uma boa drenagem, consequentemente teremos problemas com as regas. Porque o excesso da água não irá escorrer com facilidade, o substrato irá se manter úmido e provavelmente a planta irá apodrecer.

Como a Zamioculca é uma planta que armazena água, uma planta suculenta, o substrato deve ser o mesmo das suculentas.

Neste caso você pode comprá-lo pronto para uso, na embalagem vai ter essa indicação, ou então você pode preparar o seu substrato. Misture uma parte de terra vegetal com húmus de minhoca, uma parte generosa de casquinhas de árvore e carvão triturados e uma porção menor de areia. 

ADUBAÇÃO

A Zamioculca não é uma planta muito exigente, então podemos adubá-la a cada 2 meses utilizando Bokashi ou o NPK 10-10-10. Outra opção é utilizar o Forth Cote, que tem liberação lenta e neste caso a adubação deve ser feita com intervalos bem maiores, a cada 5 meses.

MUDAS

Para fazer mudas da Zamioculca podemos fazer de algumas maneiras. A primeira e mais fácil é por separação de touceiras, e neste caso basta destacar as mudas da planta mãe conservando toda a estrutura incluindo os rizomas que são estas batatinhas com as raízes.

Outra maneira é fazer estacas das folhas, que é utilizando toda essa estrutura que chamamos de caule, porém sem as raízes e enterrando no substrato. Esta inclusive é uma das maneiras que podemos fazer para salvar uma planta que começou apodrecer a batatinha e aí cortamos a parte podre e enterramos a parte saudável para obter uma nova muda. Porém é um processo bastante demorado e que exige paciência.

E outra maneira de fazer muda é por estaca do folíolo. Basta cortá-lo e enterrá-lo no substrato. Neste caso pode demorar meses até que a planta emita algumas raízes e dê início a formação da batatinha.

Não esqueça de me contar nos comentários se você já tem uma Zamioculca Black aí na sua casa. Agora aproveite para assistir os outros vídeos que eu citei e que os links estão fixados aqui nos comentários.

E se você precisar de algum produto que eu citei, o link de todos eles também estão fixados aqui nos comentários.

Eu espero que você tenha gostado desse vídeo, não esqueça de clicar em curtir e se inscrever no meu canal. Nos vemos no próximo vídeo, um beijo e até lá!