BROMÉLIAS - COMO CULTIVAR e QUAIS SÃO de SOMBRA ou de SOL

Em: Blog Mania de Flor Em: Hit: 32030

Obaaa o vídeo de hoje é sobre as bromélias, e tem bromélia grande, tem bromélia pequena, tem bromélias de sol, tem bromélia de sombra... tem algumas plantas que você nem imaginava que faziam parte da família das bromélias.

As bromélias são uma família de plantas perenes, nativas das Américas, com mais de 3.000 espécies. Elas são conhecidas por suas folhas aplainadas em formato de calha, que fazem com que a água caia e que formam uma espécie de vaso, de tanque, onde se acumula água.

LUMINOSIDADE

Conhecer a espécie da bromélia e saber um pouquinho sobre o habitat natural dela vai nos ajudar a saber se devemos cultivá-la no sol pleno ou na sombra, mas existe algumas maneiras que nos ajudam a perceber qual tipo de luminosidade cada uma delas prefere.

Bromélias com folhas finas, molinhas, delicadas, com tons de verde escuros normalmente são plantas de sombra. Já as bromélias com as folhas duras, firmes, com folhas coloridas rajadas ou com tons avermelhados, muitas vezes são bromélias de sol.

Mas identificar a espécie, e pesquisar um pouco sobre ela é com certeza a maneira mais assertiva sobre o melhor lugar para cultivar cada uma delas.

REGA

Devemos regar o substrato sempre que estiver levemente seco, e principalmente devemos abastecer o tanque central da planta, exatamente como acontece na natureza. Estas folhas em formato de calha servem exatamente para isso. 

Isto é uma das coisas que as pessoas ficam preocupadas por conta da proliferação dos mosquitos. Mas pode ficar tranquilo pois pesquisas confirmam que as bromélias não oferecem um ambiente propício para os mosquitos se proliferarem.

Os mosquitos gostam de água parada, porém limpa, para se reproduzir. E no interior das rosetas das bromélias esta água, devido a decomposição de folhas, bichinhos mortos e fezes de passarinho que caem ali e se acumulam, não é limpa.

Caso você cultive bromélias dentro de casa, não irá acontecer esse processo naturalmente, então você pode diluir uma colher de húmus de minhoca em 1 litro de água e colocar no tanque da bromélia. Isso é um excelente adubo e vai manter a água suja inviável para a proliferação dos mosquitos.

MUDAS

Agora uma curiosidade bem interessante sobre as bromélias é que após a floração a planta matriz morre, mas emite mudas laterais para seguir a jornada.

A gente só deve destacar a muda da bromélia para plantar em outro vaso quando ela já tiver um tanque formado, com praticamente a metade do tamanho da mãe e começando a emitir raízes, isto porque quando a muda está junto com a mãe cresce mais depressa e forte.

SUBSTRATO

Quando vamos replantar uma bromélia precisamos utilizar um substrato que seja bem soltinho, aerado, que a água passe facilmente por ele e não fique acumulada. O substrato precisa ser formado por casquinhas de árvore, chips de coco, pedacinhos de carvão e restos de matéria orgânica em decomposição.

ADUBAÇÃO

As bromélias possuem folhas muito absorventes e muitas delas se alimentam mais pelas folhas do que pelas raízes, então a adubação foliar funciona muito bem para elas.

Você pode usar o adubo da sua preferência desde que ele seja para diluir em água, coloque em um borrifador e pulverize as folhas da planta 1x ao mês.

BROMÉLIA GUZMANIA - deve ser cultivada em ambientes de sombra com bastante luminosidade.

BROMÉLIA IMPERIAL - é uma bromélia de sol pleno (vejam como as folhas são grossas). É sensível a geadas fortes.

AEQUIMEA - é linda pela coloração das folhas, das brácteas que é a parte rosa que são as folhas modificadas, e das flores que são pequenas em tons de azul e lilás.

CRIPTANTHUS - produz flores pequenas, mas muito apreciada pelos beija-flores. Deve ser cultivada em ambientes de sombra com bastante luminosidade

NEOREGELIAS - tem como característica o tanque achatado e são bromélias bem versáteis pois podem ser cultivadas à sombra ou a meia sombra recebendo um solzinho fraco.

VRIESEAS - apreciam ser cultivadas no litoral, são sensíveis ao frio e a geadas. São bromélias que podem ser cultivadas em ambientes de sombra, porém com muita luminosidade.

ABACAXI - deve ser cultivado a sol pleno ou meia sombra e é uma bromélia que produz muitas mudas.

TILLANDSIAS - são modernas, resistentes e fáceis de cultivar. Para regá-las basta encher um recipiente com água e deixá-la imersa por alguns minutos.

Eu espero que você tenha gostado de aprender um pouco mais sobre o cultivo das bromélias. Não esqueça de clicar em curtir e se inscrever no meu canal. Nos vemos no próximo vídeo, um beijo e até lá!