APRENDA a usar ÁGUA OXIGENADA e tenha PLANTAS LINDAS e SAUDÁVEIS

Em: Blog Mania de Flor Em: Hit: 32269

Eu quero saber se você está tendo problemas com fungos nas folhas das suas plantas, se você tem enfrentado podridão nas raízes ou algum outro problema com fungos, sim?

Então eu vou te ensinar como combater estes problemas utilizando a água oxigenada, qual o jeito certo de usar, o que não fazer para não prejudicar a planta ao invés de ajudá-la e como ela pode ser usada de forma preventiva de fungos e bactérias.

A água oxigenada que nós podemos utilizar nas nossas plantas é a mesma água oxigenada utilizada para limpar ferimentos, e não aquela usada para descolorir cabelo ou outros fins estéticos. Precisa ser a água oxigenada 10 volumes e não pode ser a opção cremosa.

Mas afinal, para que ela serve?

Estudos científicos mostraram que a água oxigenada é benéfica principalmente para combater fungos e bactérias nas folhas das plantas nos estágios iniciais, para combater fungos nas raízes das plantas que causam podridão, e também auxilia na germinação de sementes e enraizamento de mudas pois previne aparecimento de fungos e outras pragas nestes estágios iniciais.

Antes de te falar como fazer a diluição e aplicação da água oxigenada eu quero te dar 5 alertas do que você não deve fazer:

1 - Nunca aplique nenhum tipo de calda se a planta estiver recebendo o Sol. Faça a aplicação sempre no final do dia para evitar queimaduras nas folhas.

2 - Fazer uma dosagem maior que a recomendada, ou usar o produto puro não irá acelerar o resultado e poderá matar a planta. Lembre-se que a diferença entre remédio e veneno está na quantidade, por isso faça sempre a dosagem recomendada.

3 - Quanto mais cedo identificarmos o problema e iniciarmos a aplicação melhor serão os resultados. Então fique de olho nas suas plantas: manchas nas folhas, bolor, ferrugem, caules ou raízes podres, quanto antes forem descobertos maiores as chances de salvar a planta com a água oxigenada.

4 - Só conseguiremos combater os fungos ou as pragas se reaplicarmos o produto. Usar uma única vez não trará nenhum resultado. É recomendado aplicar a água oxigenada 1x por semana ou com intervalo de 3 a 4 dias até eliminar 100% do problema.

5 - Não existe nada milagroso. Não adianta aplicar a calda e continuar cultivando a planta da maneira errada. Precisamos agir de diversas formas, ou seja, além de aplicar a calda para combater os fungos ou pragas, precisamos cultivar as nossas plantas de forma correta. Regas e luminosidade conforme a preferência da planta, ambientes bem arejados, substratos corretos que permitam a drenagem da água e plantas bem nutridas fazem parte do combo para ter um resultado mais efetivo.

RECEITA

Você vai precisar de um pulverizador, água da torneira mesmo e água oxigenada 10 volumes que você compra em farmácias.

Como tenho bastante plantas costumo fazer a receita para 1 litro de água, mas você pode fazer meia receita se preferir. Eu prefiro fazer a calda e utilizá-la em no máximo 2 dias para maior eficácia então não resolve fazer grande quantidade se você não for utilizar.

Para cada 1 litro de água coloque 4 colheres de sopa de água oxigenada.

Coloque no pulverizador para aplicar nas suas plantas.

MODO DE USAR

Se a planta estiver com fungos nas folhas aplique a solução diretamente sobre as manchas, mas também pode aplicar no verso das folhas e por cima do substrato.

Caso a planta esteja sinalizando podridão nas raízes ou no caule você pode regar com essa solução. Lembrando que este problema é resultado de excesso de regas, então diminua as regas e aplique esta solução somente se estiver na hora de regar a planta.

Para vasos de mudas novas você pode borrifar a solução sobre a planta e solo e isso vai evitar proliferação de fungos e doenças. 

Se você fez uma separação de touceira ou fez uma poda radical também pode borrifar essa calda. Isto pode ser feito uma vez por semana como prevenção.

E se você cortou um galho para fazer muda de estaca, pode deixá-la mergulhada dentro desta solução por aproximadamente 15 minutos para evitar qualquer contaminação posterior no ferimento.

Eu espero que você tenha gostado desse vídeo, não esqueça de clicar em curtir e se inscrever no meu canal. Nos vemos no próximo vídeo, um beijo e até lá!