3 ERROS GRAVES ao ADUBAR suas PLANTAS com RESTOS de ALIMENTOS

Em: Blog Mania de Flor Em: Hit: 1633

O assunto de hoje é sério e muito importante, pois você pode estar cometendo erros graves ao adubar as suas plantas com restos de alimentos.

É muito comum a gente ver e ouvir as pessoas falarem sobre como utilizar restos de alimentos para adubar as nossas plantas, não é?

Como usar borra de café, casca de banana, casca de ovos e por aí vai… mas afinal, será que isso é bom para as nossas plantas ou é cilada?

Como as plantas não tem boca e nem dentes para comer os restos de alimentos, os nutrientes precisam estar disponíveis no solo para absorção, e isso acontece somente após estes alimentos serem decompostos pelas bactérias e micro-organismos que vivem no solo. 

Esse processo de decomposição pode demorar conforme o tamanho dos alimentos que a gente coloca no solo e pela quantidade de seres vivos que estão ali para fazer esta função.

1º ERRO

Entendido isso o primeiro erro grave ao usar restos de alimento como adubos é simplesmente colocar a casca de banana em cima da terra, jogar o caroço da maçã dentro do vaso, espalhar borra de café por cima do substrato.

Além da planta não conseguir absorver os nutrientes dessa forma, esses restos de alimentos podem atrair pragas e bichinhos indesejáveis as nossas plantas.

Então qual é a maneira de fazer isso corretamente? Diminuindo as porções do alimento: a casca de banana por exemplo bem picadinha, a casca de ovo bem triturada, mas principalmente enterrar esses alimentos para que eles não fiquem expostos superficialmente por cima do substrato e para que os micro-organismos tenham acesso a eles. 

2º ERRO

O outro erro está relacionado aos nutrientes que cada alimento pode oferecer. A borra de café, por exemplo, é rica principalmente em nitrogênio, a casca de ovo é rica principalmente em cálcio e a casca de banana é rica principalmente em potássio. E quando eu digo principalmente é porque esses alimentos podem ter outros nutrientes, porém em pequenas quantidades.

E aí quando nós utilizamos apenas um deles, por exemplo, quem coloca borra de café todos os meses nas plantas, quer dizer que ela está oferecendo bastante nitrogênio. E mesmo o nitrogênio sendo um nutriente muito importante, ele não é o único nutriente que a planta precisa.

Então o segundo erro é utilizar apenas um tipo de fonte ou alimento para nutrir a planta. E aí vamos pensar juntos que fica difícil a gente conseguir uma adubação equilibrada porque a maioria dos vasos não tem nem espaço físico para colocar vários alimentos para que sejam decompostos, certo?

3º ERRO

E o terceiro erro grave é a alta frequência em colocar um determinado alimento no solo. Esse erro tem relação com o tempo que os nutrientes levam para ser absorvidos pela planta. Os adubos orgânicos têm liberação lenta.

Então não tem necessidade de colocar todo mês porque a planta não vai estar aproveitando e depois da repetição, quando isso acumular, pode ser uma overdose do mesmo nutriente.

COMPOSTEIRA

Uma maneira de adubar usando restos de alimentos muito eficaz é fazer uma composteira, porque ali o processo de decomposição dos alimentos vai estar acontecer de uma maneira homogênea, a gente pode colocar vários tipos de alimentos, então o resultado é equilibrado de nutrientes e este material final, que fica como uma terra, sem restos aparentes dos alimentos não atrai bichinhos indesejáveis, e também ajuda na qualidade do solo.

Existem composteiras de vários tipos: usando caixas empilháveis ou composteiras elétricas ideais para quem não tem espaço.

Ter uma composteira e fazer o descarte consciente de restos de alimentos é uma atitude de respeito com o meio ambiente pois coisas que seriam descartadas num lixo comum viram adubo e nutrição para as plantas da maneira correta.

Eu espero que esse vídeo tenha sido útil para você, esclarecendo que existem maneiras de utilizar os restos de alimento sim, mas eles precisam ser feitos da maneira correta.

Se você gostou não esqueça de clicar em curtir e se inscrever no meu canal, nos vemos no próximo vídeo, um beijo e até lá!